Spitfire arqueologia

Aviação real no Brasil e no Mundo.
Avatar do usuário
21_Sokol1
Veterano
Veterano
Mensagens: 15237
Registrado em: 01 Ago 2003 21:00
Localização: Uberaba-MG

Spitfire arqueologia

Mensagem por 21_Sokol1 » 14 Abr 2012 20:56

http://www.dailymail.co.uk/news/article ... e-fly.html

Este artigo conta a história do inglês que - gastando 130.000 Libras - descobriu a localização dos "Spitfires perdidos", tendo inspecionado uma das caixas com uma micro camera, acha que tem condições de serem restaurados em condições de vôo.

http://www.telegraph.co.uk/travel/desti ... Burma.html

Sokol1
saraiva
Manicaca
Manicaca
Mensagens: 628
Registrado em: 08 Jul 2009 21:00
Localização: Joinville, SC.
Contato:

Re: Spitfire arqueologia

Mensagem por saraiva » 17 Abr 2012 08:14

20 Spitfires são encontrados enterrados na Birmânia

Imagem

Vinte novíssimos Spitfires da RAF podem em pouco tempo ganhar os céus após um acordo assinado recentemente com o governo da Birmânia.

Os especialistas acreditam que descobriram os locais onde 20 dos famosos caças da Segunda Guerra Mundial foram enterrados em aeródromos por todo o país. O Primeiro-Ministro David Cameron assinou um acordo que prevê que eles sejam devolvidos à Grã-Bretanha.
Historiadores dizem que os Spitfires foram enviados para a Birmânia no verão de 1945, duas semanas antes das bombas atômicas caírem no Japão e encerrarem a guerra.
A campanha britânica para expulsar os japoneses da Birmânia foi a mais longa e sangrenta da guerra, tendo sido iniciada com a invasão japonesa no fim de 1941.
Os Spitfires ajudaram a dar apoio às forças especiais Chindits no solo – e provaram-se um grande incentivo ao moral. Tiveram um papel crucial na derrota do inimigo e cobriram o subseqüente avanço Aliado pela Birmânia, protegendo as tropas no solo.
Mas os Spitfires enterrados nunca viram ação. O comandante do teatro de operações, Lorde Louis Mountbatten, ordenou que fossem escondidos em 1945 para impedir que forças estrangeiras os tomassem, após o exército britânico ser desmobilizado. As aeronaves, recém-saídas da linha de montagem, foram enterradas em caixas numa profundidade de 1,2 a 1,8 metros, para conservá-las. Seus paradeiros foram perdidos após a RAF perder os documentos em seus arquivos.
Mas entusiastas da aviação, auxiliados por especialistas da Universidade de Leeds e um veterano da Segunda Guerra que testemunhou a ocultação, acreditam ter encontrado suas localizações usando a mais recente tecnologia de radar de penetração de solo.
O governo britânico disse que quer desenterrar as aeronaves e restaurá-las para que possam retornar à sua antiga glória.
As condições das caixas de carga e das aeronaves, cujas asas e fuselagem foram enterradas separadamente, são desconhecidas. Mas especialistas esperam que estejam bem preservadas.
Uma fonte ministerial disse que David Cameron fechou um acordo com o presidente birmanês para que o país ajude a Inglaterra a escavar as aeronaves num projeto histórico conjunto.
“O Spitfire é provavelmente a aeronave mais importante da história da aviação, tendo um papel crucial na Segunda Guerra Mundial. Espera-se que haja uma oportunidade de trabalhar com o governo birmanês para escavar, restaurar e exibir estas aeronaves, bem como levá-las aos céus da Grã-Bretanha mais uma vez”, disse.

Fonte: Daily Mail, 13 de abril de 2012 (via Sala de Guerra).
A morte de qualquer homem me diminui, porque eu sou parte da
humanidade; e por isso, nunca procure saber por quem os sinos dobram,
eles dobram por ti. - John Donne
Responder